Curry de Batata Doce e Cenoura


Curry de Batata Doce e Cenoura

Como a última receita foi do meu mega hyper fácil pão naan, nada mais natural do que compartilhar um curry delicioso para acompanhar, né? Esse já está no repertório aqui de casa há um tempinho, não sei porque ainda não havia postado. Acho que foi ciúme… sou dessas, tenho ciúme de coisas inanimadas, e até abstratas. Mas vencido esse sentimento, aqui está a receita de curry de batata doce e cenoura! :p Quentinho e cheio de sabor, é um carinho no estômago, perfeito para um jantar preguiçoso, desses que a gente quer ficar um tempinho preparando e saboreando.

Curry de Batata Doce e Cenoura Curry de Batata Doce e Cenoura

Mas não se assustem, quando eu digo um tempinho não significa que são horas de preparação não. Em menos de 1 hora vocês conseguem fazer tudinho de cabo a rabo. Sugiro picar tudo, separar os ingredientes em potinhos, fazer a pasta do curry, e só então acender o fogão. Isso vai facilitar e agilizar o processo. E enquanto o curry cozinha, é só assar o naan e preparar o arroz basmati (ou qualquer outro arroz, mas de preferência de grão longo). Se realmente forem fazer o naan, comecem por ele.  Assim, enquanto preparam o curry, a massa pode descansar um pouco.

Curry de Batata Doce e Cenoura Curry de Batata Doce e Cenoura

Aproveitem para fazer essa receita agora, pois estamos na época da cenoura e do tomate, e ainda dá para encontrar batata doce orgânica (eu sei, pois comprei ontem mesmo 🙂 ). Lembrem-se que comida sazonal e orgânica é um presente para o pequeno produtor, para você e para o meio ambiente. Todo mundo sai ganhando! Temos tantas feiras orgânicas por aí, e quase todo mercado tem um cantinho, por menor que seja, com produtos orgânicos e sustentáveis. Sem falar nos grupos de compras coletivas que rolam no facebook e nas entregas de cestas orgânicas. Fiquem de olho para aproveitar as melhores ofertas e promoções!

Curry de Batata Doce e Cenoura 7Curry de Batata Doce e Cenoura


CURRY DE BATATA DOCE E CENOURA
(Serve 4 pessoas)

Ingredientes

1 batata doce
2 cenouras pequenas
2 dentes de alho
1 cebola roxa
1 talo de capim limão (só a parte branca)
5cm de gengibre
1 pimenta dedo de moça
1 colher de chá de sementes de cominho
1 colher de chá de sementes de coentro
1 1/2 colheres de chá de cúrcuma em pó
200g de tomatinho (ou tomates picados)
4-5 cravos
2 pauzinhos de canela (ou 1 colher de chá de canela em pó)
2 folhas de louro
1 xícara de leite de coco
2 xícaras de água
1 punhado de manjericão
1 punhado de coentro
1 punhado de hortelã
Raspas e suco de um limão
Sal marinho e pimenta do reino
Azeite

Para servir:
1/4 de cebola roxa
Pimenta rosa
Folhas pequenas de manjericão, hortelã e coentro
Fatias de limão
Iogurte
Arroz Basmati (ou qualquer outro arroz de grão longo)
Pão Naan

Instruções

Lavar bem a batata doce e cortar em rodelas com mais ou menos 0.5cm de espessura (eu deixo a casca). Colocar de molho em água limpa por no mínimo 30 mins, mas preferencialmente por 4 horas. Lavar e cortar a cenoura em fatias finas, reservar. Em uma frigideira bem quente, “fritar” a seco as sementes de cominho e coentro por 1 minutinho. Sempre de olho e mexendo para não queimar. Reservar. Separar as quantidades necessárias de cúrcuma, cravo, canela e louro para serem usadas mais tarde.

Separar os talos do coentro e picar em pedaços médios. Descascar o alho, descascar e cortar grosseiramente a cebola roxa (reservando 1/4 dela para finalizar o prato). Cortar a base do capim limão e tirar a camada mais externa picando o que sobrar grosseiramente, picar a pimenta dedo de moça e o gengibre (costumo comprar gengibre orgânico, e por isso não tiro a casca). Misturar esses 6 ingredientes em um processador pequeno ou um pilão até formar uma pasta.

Em uma tigela, colocar os tomatinhos e amassá-los com as mãos (ou usar tomates normais e picá-los, salvando o máximo que puder de seu líquido). Separar as folhas mais bonitinhas das ervas para finalizar o prato depois. Picar o restante finamente. reservar. Drenar e secar a batata doce.

Esquentar um pouco de azeite em uma panela grande sobre fogo médio. Jogar a pasta e refogar por 3-5 mins. Acrescentar a cenoura e a batata doce. Juntar a cúrcuma e temperar com sal e pimenta do reino. Refogar por mais alguns minutos, sempre mexendo. Colocar os tomates e cozinhar por mais 1 minuto. Juntar o leite de coco e a água, acrescentar o cravo, a canela e o louro. Misturar bem, deixar ferver, assim que levantar fervura, baixar o fogo para o mínimo e deixar cozinhar por mais ou menos 20-30 mins mexendo de vez em quando, ou até que a batata e a cenoura estejam macias.

Desligar o fogo e acrescentar as raspas de 1 limão. Acrescentar metade do suco desse mesmo limão e as ervas picadas. Misturar, provar e corrigir o tempero acrescentando mais suco de limão ou sal, se necessário.

Dividir em 4 cumbucas com arroz, fatias de limão e naan. Finalizar com o restante da cebola cortada o mais fino que conseguir, grãos de pimenta rosa e as folhinhas reservadas das ervas. Se quiser, colocar uma colherada de iogurte natural.

Comer!

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *